domingo, 25 de janeiro de 2009

Cantando flui melhor

Desta vez o Cinema e Musica traz cinco musicais (atuais), que fizeram criticos e cinéfilos direcionarem seus comentários a um tom positivo para esse tipo de produçao cinematográfica. Os Filmes Chicago, O Fantasma da Ópera, Os Produtores, Hairspray e Mama Mia, foram indicados para prêmios e muitos elogiados pelas escolas de cinema dos Estados Unidos.



Chicago - EUA - 2002
Dirigido por Rob Marshall e com uma hora e 40 minutos de duração, Chicago traz no elenco, Richard Gere, Renée Zellweger, Catherine Zeta-Jones, Queen Latifah, John C. Reilly, Lucy Liu, entre outros grandes artistas que fizeram com que esse longa ganhasse 6 Oscars.

A história se baseia na corrupção com a policia e o setor prisional, e em como a mídia pode fazer a imagens de pessoas e fatos. Pois após matar o marido, a dançarina Velma (Catherine Zeta-Jones) vê sua popularidade crescer graças ao advogado Billy Flynn (Richard Gere) que se aproveita ao máximo do assassinato da artista, e no mesmo tempo uma jovem cantora chamada Roxie (Renée Zellweger) se envolve em um assasinato, matando o companheiro e passa também a conquistar grande popularidade por causa desse show que Billy faz na imprensa de Chicago.

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

O Fantasma da Ópera - EUA - 2004
Baseada em uma das histórias mais antigas e mãe de muitos dramas, The Phantom of The Opera, mostrou que o cinema pode trazer a tona grandes estórias que comoveram milhares de pessoas. Lançado em 2004, esse filme de 146 minutos, trouxe muita emoção para as telas de cinemas em todo mundo. para os que conheciam, foi um novo folego ver o Fantasma um pouco mais forte e menos feio, e ver a bela Chrstine cantando a todo vapor, para encontrar uma razão e se entregar para o "estranho" que estragava os espetaculos.

Dirigido por Joel Schumacher, O Fantasma da Ópera recebeu 3 indicações ao Oscar e 3 indicações ao Globo de Ouro.
:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Os Produtores - EUA - 2005
Um produtor teatral e seu contador resolvem fazer um plano para embolsar uma fortuna apenas produzindo uma peça ruim, para se tornar um fracasso. Pode até parecer um tanto sem graça, mas quando no elenco tem Nathan Lane e Matthew Broderick (como os produtores), junto com Uma Thurman, Will ferrer e Gary Beach, esse longa se torna engraçado e sarcástico com muitas ideologias americanas, européias e até brasileiras.

Essa comédia recebeu 4 indicações para o Globo de Ouro e dentro da trama, o longa faz uma paródia e uma refilmagem do musical "Primavera para Hitler", em cartaz em 2001 na Broadway.
:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Hairspray - EUA - 2007
Imagine o ator John Travolta vestido de mulher, cantando igual mulher, e o melhor, uma mulher gorda. Pois é, esse longa dirigido por Adam Shankman, tem 117 minutos, e conta no elenco, além de John,Michelle Pfeiffer, Christopher Walker, Amanda Bynes, James Marsden, Queen Latifah, Brittany Snow, Zac Efron, e outros artistas que fizeram desse filme uma comédia contra o preconceito.

A trama trata de uma jovem que conquista um lugar no programa de dança mais famoso da TV local, transformando ela em uma estrela, mas muda de atitude ao descobrir o preconceito racial existente nos bastidores.
:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Mama Mia - EUA/Alemanha/Inglaterra - 2008
Com o repertório do grupo musical ABBA, e o bom folêgo de Meryl Streep, Mama Mia se tornou uma grande produção em 2008. Com 108 minutos de duração, o longa envolve as musicas do ABBA em uma romântica comédia.

O filme se passa na Grécia (lugar com lindas paisagens) e tem no elenco Meryl Streep, Stellan Skargard, Pierce Brosnan e Colin Firth.


A história consiste no casamento da Filha de Dona (Maryl Streep), em que a próproia filha convida três homens, cujo um deles é seu pai. O envolvimento das letras do ABBA, tornem essa trama emocionante e muito envolvente.
:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Assista ao Trailer de Chicago
Assista ao Trailer de O Fantasma da Ópera
Assista ao Trailer de Os Produtores
Assista ao Trailer de Hairspray
Assista ao Trailer de Mama Mia

4 comentários:

Clayton disse...

Otávio

Bem legais as lembranças dos musicais. Seguindo a linha do que mais gosto em música, que é o blues, cito os fantásticos "Blues Brothers 1" (1983) e "Blues Brothers 2000". Mistura de comédia, com clichês de gangsters, perseguições policiais surreais e artistas como B.B. King, Aretha Franklin, Ray Charles, entre outros. Agora, um recente é o "Black Snake Moan" (no Brasil, "Entre o Céu e o Inferno"), com os ótimos Samuel L. Jackson (finalmente, não fazendo um papel policial) e Cristina Ricci. É um drama montado em cima dos sentimentos comuns que são temáticas do blues. Fora, é claro, "Crossroads" (não o da Britney Spears, lógico, mas o "A Encruzilhada", de 1987, eu acho), que conta uma história baseada na lenda do bluesman Robert Johnson, que teria vendido sua alma ao diabo para ser um artista de sucesso. Uma alegoria das raízes do blues do Mississipi.

Gui Sillva disse...

fico com Chicago!

Alberto Pereira Jr. disse...

Gostei muito de Chicago.. mas convenhamos que a Renee nao canta nem um décimo do que canta Catherine, né?

o filme "Fantasma da Opera" achei meio over (e particularmente não gostei da voz da protagonista, muito aguda).. o musical q esteve em cartaz em sp foi muito bem produzido..

mamma mia é um deleite!
divertido e belo

não vi os produtores, nem hairspray yet

:)

Beto Mathos disse...

Sumimos todos?
Bacana o título.
Belos os filmes.
Abraço!